O que é SISU e Como Funciona em 2024?

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que oferece vagas em universidades públicas brasileiras para candidatos que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

O SISU é uma importante porta de entrada para o ensino superior público no Brasil, e milhares de estudantes se candidatam a cada edição.

Essa ferramenta simplifica e democratiza o acesso ao ensino superior, oferecendo uma alternativa transparente e eficaz para candidatos de todo o país.

O que é o SISU?

O SISU, ou Sistema de Seleção Unificada, é um programa do Ministério da Educação (MEC) que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para selecionar candidatos para vagas em cursos de graduação em instituições públicas de ensino superior no Brasil.

O programa é totalmente online e gratuito, e oferece uma importante porta de entrada para o ensino superior público no país.

O SISU realiza duas edições por ano, geralmente no início do primeiro e do segundo semestre. As inscrições para cada edição são abertas em datas específicas, e os candidatos devem se cadastrar no site do SISU e escolher as vagas de seu interesse.

O SISU, ou Sistema de Seleção Unificada, funciona da seguinte maneira:

Como funciona o SISU 2024?

O Sisu, ou Sistema de Seleção Unificada, é um programa do Governo Federal que utiliza as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para selecionar candidatos para vagas em cursos de graduação em universidades públicas de todo o Brasil.

Em 2024, o Sisu terá apenas uma edição anual, com inscrições abertas entre 02 e 06 de fevereiro.

Como funciona o Sisu:

  1. Inscrição: Os candidatos interessados em participar do Sisu devem se inscrever no site oficial do programa durante o período de inscrições. Para se inscrever, o candidato precisa ter realizado o Enem a partir de 2010 e ter obtido nota superior a zero na redação.
  2. Seleção: O Sisu utiliza a nota do Enem do candidato para classificá-lo em cada curso que ele se inscreveu. A classificação é feita de acordo com a maior nota obtida no Enem, considerando a modalidade de concorrência escolhida pelo candidato (ampla concorrência, cotas, etc.).
  3. Chamadas: O Sisu realiza duas chamadas para os candidatos. Na primeira chamada, são convocados os candidatos com as melhores notas para as vagas disponíveis. Na segunda chamada, são convocados os candidatos que não foram aprovados na primeira chamada, mas que ainda podem ser selecionados para as vagas remanescentes.
  4. Matrícula: Os candidatos aprovados no Sisu devem se matricular na instituição de ensino superior para a qual foram selecionados. A matrícula é feita de acordo com o calendário da instituição.

Para mais informações sobre o Sisu 2024, consulte o edital do Sisu:

Para aumentar suas chances de ser aprovado no SISU:

  • Faça uma boa prova do ENEM.
  • Escolha cursos com menor concorrência.
  • Participe das cotas, se enquadrando em algum critério.
  • Fique atento às datas importantes do SISU.

Para mais informações sobre o SISU, consulte:

O que é o Sisu e quem pode participar?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar candidatos para vagas em cursos de graduação em instituições públicas de ensino superior no Brasil.

Quem pode participar do Sisu 2024?

Podem se inscrever no Sisu os candidatos que fizeram o Enem de 2023 e tenham obtido nota maior do que zero na prova de redação, desde que não estejam na situação descrita no item 2 do Edital do Enem de 2023, que se refere ao estudante que faz o exame na condição de treineiro.

Como funciona o Sisu 2024?

O Sisu realiza duas edições por ano, geralmente no início do primeiro e do segundo semestre. As inscrições para cada edição são abertas em datas específicas, e os candidatos devem se cadastrar no site do Sisu e escolher as vagas de seu interesse.

As vagas são oferecidas em duas modalidades:

  • Ampla Concorrência: para todos os candidatos que tenham realizado o Enem.
  • Cotas: para candidatos que se enquadram em critérios específicos, como renda familiar, escola pública, pessoas com deficiência e indígenas.

Para cada vaga, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota necessária para ser aprovado. A nota de corte é definida com base na quantidade de vagas disponíveis, no número de inscritos na vaga e nas notas dos candidatos.

O Sisu realiza duas chamadas:

  • Primeira Chamada: os candidatos aprovados na primeira chamada devem realizar a matrícula na instituição de ensino superior.
  • Segunda Chamada: os candidatos que não foram aprovados na primeira chamada podem ser convocados na segunda chamada, caso ainda existam vagas disponíveis.

Quem passa no Sisu faz faculdade de graça?

Sim, quem passa no Sisu faz faculdade de graça em instituições públicas de ensino superior no Brasil.

O Sisu é um programa do Ministério da Educação (MEC) que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar candidatos para vagas em cursos de graduação gratuitos.

Para se matricular em uma faculdade pública pelo Sisu, o candidato precisa:

  • Ser aprovado no Sisu na primeira ou segunda chamada;
  • Apresentar a documentação exigida pela instituição de ensino superior;
  • Efetuar a matrícula dentro do prazo estabelecido.

O Sisu é uma excelente oportunidade para ingressar em uma faculdade pública de qualidade no Brasil. Se você está buscando uma educação de qualidade e gratuita, o Sisu é a opção ideal para você.

O que significa a Sisu?

O termo “SISU” é uma sigla que corresponde ao “Sistema de Seleção Unificada”.

O SISU é um sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) do Brasil, utilizado para a seleção de candidatos a vagas em instituições públicas de ensino superior.

O processo de seleção é realizado com base nas notas obtidas pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

O SISU ocorre duas vezes por ano, permitindo que os candidatos concorram a cursos de graduação em universidades federais e institutos federais de educação, ciência e tecnologia.

O que é o SISU tem que Pagar?

O SISU, que significa Sistema de Seleção Unificada, é um programa do governo brasileiro e não exige pagamento de taxa de inscrição para participar.

A participação no SISU é gratuita e aberta a todos os estudantes que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) no ano imediatamente anterior à edição do SISU.

Ao se inscrever no SISU, os candidatos podem escolher até duas opções de cursos, em ordem de preferência, em instituições públicas de ensino superior.

A seleção é feita com base nas notas do ENEM, e os candidatos aprovados têm a oportunidade de realizar a matrícula nas instituições para as quais foram selecionados, sem a necessidade de efetuar qualquer pagamento relacionado à participação no SISU.

Portanto, o SISU é uma forma democrática e acessível para os estudantes brasileiros concorrerem a vagas em cursos de graduação em instituições públicas, sem custos diretos associados ao processo seletivo.

Qual a diferença entre o Sisu e o ProUni?

O Sisu e o ProUni são programas do Governo Federal que oferecem vagas em cursos de graduação no Brasil. Apesar de terem o mesmo objetivo, os dois programas apresentam diferenças importantes:

Sisu:

  • O que é: Sistema de Seleção Unificada, utiliza as notas do Enem para selecionar candidatos para vagas em universidades públicas.
  • Vagas: Gratuitas.
  • Critério de seleção: Nota do Enem.
  • Modalidades de concorrência: Ampla concorrência e cotas.
  • Número de edições: 2 por ano.
  • Inscrição: Gratuita.

ProUni:

  • O que é: Programa Universidade para Todos, oferece bolsas de estudo em universidades privadas.
  • Vagas: Parciais (50% das vagas) e integrais (100% das vagas).
  • Critério de seleção: Nota do Enem e renda familiar.
  • Modalidades de concorrência: Ampla concorrência, cotas e indígenas.
  • Número de edições: 2 por ano.
  • Inscrição: Gratuita.

Em resumo:

  • Sisu: para universidades públicas, gratuito, utiliza a nota do Enem.
  • ProUni: para universidades privadas, com bolsas de estudo, utiliza a nota do Enem e renda familiar.

Outras diferenças:

  • O ProUni exige que o candidato tenha renda familiar per capita de até 3 salários mínimos para concorrer a bolsas integrais e até 4,5 salários mínimos para bolsas parciais. Já o Sisu não tem critério de renda.
  • O ProUni oferece bolsas de estudo para cursos em universidades privadas em todo o Brasil. O Sisu oferece vagas apenas em universidades públicas.
  • O ProUni realiza duas chamadas e uma lista de espera. O Sisu realiza duas chamadas.

Qual programa escolher?

A escolha entre o Sisu e o ProUni depende dos seus objetivos e prioridades. Se você deseja estudar em uma universidade pública e tem uma boa nota no Enem, o Sisu é a melhor opção. Se você deseja estudar em uma universidade privada e tem uma renda familiar baixa, o ProUni pode ser uma boa opção.

É importante lembrar que você pode se inscrever em ambos os programas. Se você for aprovado em ambos, poderá escolher qual vaga deseja ocupar.

Para mais informações sobre o Sisu e o ProUni, consulte:

Quem vem primeiro Sisu ou Prouni?

Em 2024, o Sisu vem primeiro que o ProUni. As inscrições para o Sisu já estão abertas e se encerrarão no dia 06 de fevereiro. As inscrições para o ProUni acontecerão de 09 a 12 de fevereiro.

Cronograma:

  • Sisu:
    • Inscrições: 02 a 06 de fevereiro de 2024
    • Resultado da 1ª chamada: 07 de fevereiro de 2024
    • Matrícula da 1ª chamada: 08 a 10 de fevereiro de 2024
    • Resultado da 2ª chamada: 14 de fevereiro de 2024
    • Matrícula da 2ª chamada: 15 a 17 de fevereiro de 2024
  • ProUni:
    • Inscrições: 09 a 12 de fevereiro de 2024
    • Resultado da 1ª chamada: 16 de fevereiro de 2024
    • Comprovação de informações da 1ª chamada: 17 a 20 de fevereiro de 2024
    • Resultado da 2ª chamada: 27 de fevereiro de 2024
    • Comprovação de informações da 2ª chamada: 28 de fevereiro a 02 de março de 2024

Por que o Sisu vem primeiro?

O Sisu utiliza as notas do Enem para selecionar candidatos para vagas em universidades públicas. Já o ProUni oferece bolsas de estudo para estudantes que desejam estudar em universidades privadas.

O resultado do Sisu é utilizado como base para a seleção dos candidatos no ProUni. Por isso, o ProUni só pode ser realizado após a divulgação do resultado do Sisu.

Quem não pode participar do Sisu?

Em geral, quem não pode participar do Sisu são:

  • Estudantes que não fizeram o Enem: O Sisu utiliza as notas do Enem para selecionar candidatos, portanto, é necessário ter realizado o exame a partir de 2010 e ter obtido nota superior a zero na redação para participar.
  • Treineiros: Candidatos que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram o Enem apenas para testar seus conhecimentos não podem se inscrever no Sisu.
  • Estudantes com zero na redação: O Sisu exige que o candidato tenha obtido nota superior a zero na redação do Enem.
  • Estudantes com participação indevida no Enem: Candidatos que foram eliminados do Enem por fraude ou outras irregularidades não podem participar do Sisu.
  • Estudantes que já possuem diploma de graduação: O Sisu é destinado a candidatos que desejam ingressar no ensino superior pela primeira vez.

Exceções:

  • Estudantes que já possuem diploma de graduação podem se inscrever no Sisu para concorrer a vagas em cursos de licenciatura.
  • Estudantes que já possuem diploma de graduação em um curso de licenciatura podem se inscrever no Sisu para concorrer a vagas em cursos de bacharelado.

Para mais informações sobre quem pode participar do Sisu, consulte o edital do Sisu:

Quantas vezes tem Sisu no ano?

A partir de 2024, o Sisu terá uma edição única por ano, que acontecerá entre janeiro e fevereiro. Antes, o programa era realizado duas vezes por ano, no início do primeiro e do segundo semestre.

Cronograma do Sisu 2024:

  • Inscrições: 02 a 06 de fevereiro de 2024
  • Resultado da 1ª chamada: 07 de fevereiro de 2024
  • Matrícula da 1ª chamada: 08 a 10 de fevereiro de 2024
  • Resultado da 2ª chamada: 14 de fevereiro de 2024
  • Matrícula da 2ª chamada: 15 a 17 de fevereiro de 2024

Motivo da mudança:

A mudança para uma única edição anual do Sisu visa simplificar o processo seletivo e evitar a evasão de alunos que ingressam no segundo semestre e desistem no meio do curso.

Tem que fazer inscrição no Sisu antes ou depois do Enem?

Para participar do Sisu 2024, você precisa ter feito o Enem antes do período de inscrições do Sisu, que será de 2 a 6 de fevereiro de 2024.

O Sisu utiliza as notas do Enem para selecionar os candidatos, então é importante ter feito o exame em anos anteriores (a partir de 2010) e ter obtido nota superior a zero na redação.

Lembre-se:

  • Treineiros: Candidatos que ainda não concluíram o ensino médio e fizeram o Enem apenas para testar seus conhecimentos não podem se inscrever no Sisu.
  • Zero na redação: O Sisu exige que o candidato tenha obtido nota superior a zero na redação do Enem.
  • Edição única: Em 2024, o Sisu terá apenas uma edição anual, portanto, é importante se preparar e se inscrever no período correto.

Deixe um comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.